Juliana dos Santos (1987). São Paulo, Brasil

Artista visual, mestre em arte/educação e doutoranda em Artes pelo Instituto de Artes da Universidade Estadual Paulista UNESP. Vem realizando exposições  coletivas com trabalhos em instalação, vídeo, pintura, performance, fotografia e multimídia.  Tem investigado a cor Azul da flor Clitória Ternátea  como possibilidade da cor como experiência sensível no processo de expansão dos sentidos. Sua pesquisa se dá na intersecção entre arte, história e educação, com interesse pela maneira como artistas negrxs se engajaram em práticas para lidar com os limites da representação.  Como artista residente, ministrou aulas no departamento de Pintura Contextual na Academia de Belas Artes de Viena, Áustria (2018).  Artista selecionada no 31o Programa de Exposição do Centro Cultural São Paulo (2021) e na Temporada de Projetos do Paço das Artes -São Paulo/SP  (2019).  Participou da 12 edição da Bienal do Mercosul sob curadoria de Fabiana Lopes e Andrea Giunta. No ano 2021 passou a ter  obras integrando o acervo da Pinacoteca do Estado de São Paulo com a exposição “Enciclopédia Negra”, do Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo - SP e do Centro Cultural São Paulo. Vem participando de exposições coletivas como por exemplo “Imagens que Não se Conformam'' no Museu de Arte do Rio com curadoria de Paulo Kanuss e Marcelo Campos  3 edição de Frestas - Trienal de Artes do Sesc Sorocaba "O rio é uma serpente" com curadoria de Beatriz Lemos, Diane Lima e Thiago de Paula.

Arte/educação:

Com pesquisa em arte/educação e rupturas dos paradigmas hegemônicos como foco na descolonização das práticas educativas. Nos últimos anos vem realizando exposições, cursos, oficinas, palestras, atividades de formação docente e consultorias em diversas instituições nacionais e internacionais entre elas Núcleo de Educação Étnico-racial da Secretaria Municipal da Educação de São Paulo, Sesc, Instituto Vera Cruz, Universidade Federal do Ceará, Museu Afro Brasil, MAM-SP,  MASP, CCSP, Google Brasil e Academia de Belas Artes de Viena na Áustria e Bouge B festival Antuérpia Bélgica. Já atuou como professora convidada no programa de pós-graduação em História da Arte da Faculdade Belas Artes

Juliana dos Santos-1.jpg

Exposições

Individuais

2021.    Quando a cor chega no azul. 31o Programa de Exposicao Centro Cultural. Nov -Fev 2022                   Sao Paulo, São  Paulo/SP

Entre o Azul e o que Não me Deixo Esquecer. Jun/2019 -Ago/2019.
Temporada de Projetos Paço das Artes,  MIS-SP, São Paulo, SP, Brasil.

2019

Coletivas

2022

Vitrine Sonia Gomes + Juliana dos Santos. Pivô arte e pesquisa Curadoria Fernanda Brenner. São Paulo/SP. 02/05 - 15/05

Possible Agreements. HOA TOUR + MENDESWOOD. Curadoria Thiago de Paula. Mendes Wood DM, Bruxela/Bélgica. (Abril)

Arte natureza : ressignificar para viver.  SP Arte. Curadoria Ana Carolina Auston. 06/04 - 10/04

Form der Unruhe/Forma do Desassossego. Curadoria Luisa Telles. Raumlinksrechts, Hamburgo / Alemanha 21/04-30/04

Form der Unruhe/Forma do Desassossego. Curadoria Luisa Telles Olhão, São Paulo/SP 12/03-27/0

2021

 Frestas Trienal de artes O rio é uma serpente Sesc Sorocaba. Curadoria: Bia Lemos, Diane Lima e Thiago de Paula.

Enciclopédia Negra,  Pinacoteca do Estado de São Paulo - Sao Paulo/SP. Curadoria: Flavio Gomes, Jaime Lauriano e Lilia Schwarcz.  01/05/21 -08/11/21.

Imagens que nao se conformam, Museu de Arte do Rio - MAR. Rio de Janeiro/RJ. Curadoria: Marcelo Campos e Paulo Knauss. 05/21 -10/21.

12 Bienal do Mercosul, Porto Alegre/RS, Brasil. Curadoria Andrea Giunta, Fabiana Lopes e Dorota Biczel. (Março/Julho 2020)

16 Abre-alas A Gentil Carioca (Fev). Rio de Janeiro/RJ, Brasil. Curadoria de Keyna Eleison, Pablo León de La Barra e Yhuri Cruz 

2020

16 Salão de Artes Visuais de Ubatuba  Prêmio Medalha de Bronze. Fundart Ubatuba,SP, Brasil
Mostra de Artes Visuais. Jornada de Pesquisa em Artes 2019. Instituto de Artes Unesp, São Paulo- SP. (Out).
PretAtitude. Curadoria Claudinei Roberto. SESC SANTOS (Set/Jan).SP, Brasil.

2019

A Noite Não Adormecerá Jamais nos Nossos Olhos, curadoria de Carol Lauriano na Baró Galeria (Jun-Jul), São Paulo/SP, Brasil.

Baile da Aurora Sincera no Solar dos Abacaxis curadoria Bernardo Mosqueira (Fev). Rio de Janeiro/RJ, Brasil.

Não Podemos Construir Aquilo que Não Conseguimos Imaginar Primeiro (Out-Nov) Curadoria de Jota Mombaça e Thiago de Paula Programa Temporada de Projetos do Paço das Artes Local: MIS-SP, Museu da Imagem e do Som de São Paulo.

2018

2017

Welt Kompact. Freira Um Museums Quartier, curadoria Ursula Maria Probst.Viena, Áustria. (Jun-Set)

Encouragement curadoria Ursula Maria Probst. Espaço Saracura de arte contemporânea. Rio De Janeiro, RJ. BRAZIL (16/02 – 02/03).

LIVING ON | IN OTHER WORDS ON LIVING? Curadoria de Delas Isci e Thiago De Paula, Academy of Fine Arts Vienna. Vienna, Áustria.  (Nov/2016-Jan/2017).

L.O.T.E Semana de Artes do Instituto de Artes da UNESP. Universidade Estadual Paulista UNESP, São Paulo - SP, BR   

2016

Educação

2023 -2019

2017-2015

Doutoranda em Artes bolsista Capes. Instituto de Artes, Universidade Estadual Paulista-Unesp

Mestre em Arte-Educação Instituto de Artes, Unesp. Bolsista Capes.

_DIN0182.jpg
  • Preto Ícone Instagram

@julianadossantosarts